META
22
Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania
Alcançar 150 empresas que façam a adesão voluntária ao selo municipal de princípios de direitos humanos e diversidade na cidade de São Paulo

Prog. de Governo

Número ODS

Execução da Meta



Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem - 2017-2018 2019-2020
Valores acumulados 34 - 50 150
Valores por período 34 -
Último dado disponível: -
Última atualização: março/2019

  • Ficha TécnicaVer detalhes

    Ponto de partida

    Período base
    2016

    Projeção da meta

    2017-2018
    50
    +50 no biênio

    2019-2020
    150
    +100 no biênio

    Informações do indicador

    Descrição do indicador
    Número de empresas que façam adesão ao modelo de incentivo de políticas inclusivas na força de trabalho e de promoção da diversidade

    Fórmula de cálculo
    Número de empresas com o selo municipal

    Notas técnicas

    O Selo é uma política de reconhecimento de boas práticas de empresas em matéria de políticas inclusivas e promoção de diversidade. ● O Selo será distribuído por categorias, levando em conta as áreas temáticas da SMDHC . As categorias serão subdivididas em dimensões (porta de entrada, políticas internas, cadeia produtiva e promoção pública da diversidade). Recortes de marcadores sociais da diferença (raça, gênero e sexualidade) serão fatores transversais às categorias. ● As empresas reconhecidas pelo Selo serão as empresas contabilizadas na Meta. Serão 50 prêmios anuais previstos para 2018, 2019 e 2020. O evento anual de premiação pretende ser um encontro de grande visibilidade, no qual as empresas poderão apresentar suas práticas reconhecidas. Além disso, o evento será uma oportunidade de avançar no debate público de políticas inclusivas no setor privado e dar visibilidade às demais iniciativas da “DiverCidade” . As Coordenções temáticas da SMDHC terão autonomia para realizarem eventos próprios.● As empresas cujas práticas são reconhecidas pelo Selo farão parte de uma rede de troca de experiências com encontros periódicos para aproximar as empresas dos programas, políticas e equipamentos da Prefeitura de São Paulo. A troca de experiências incentivará a adoção de políticas inclusivas pelas empresas, enquanto a aproximação com a Prefeitura fomentará a identificação de parcerias entre as empresas e a Prefeitura para promover a empregabilidade e empreendedorismo de pessoas beneficiárias de programas e políticas públicas.

    Unidade de medida
    Unidade

    Frequência
    Anual

    Fonte
    Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania

Informações Adicionais
março/2019
Após período de planejamento em 2017, o Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade teve sua primeira edição realizada em 2018. O Decreto 58.180, que estabelece o programa, foi publicado em abril e o primeiro edital foi lançado em solenidade com o Prefeito de São Paulo no início de Julho, seguido de mesa redonda com especialistas em diversidade no mercado de trabalho. As inscrições ficaram abertas e foram prorrogadas até agosto e realizou-se amplo esforço de divulgação e apresentação do Selo em ambientes empresariais e voltados à gestão da diversidade. Ao todo, foram recebidas 128 inscrições nas 10 categorias. Foi criada uma Comissão de Seleção composta por especialistas das Secretarias Municipais de Direitos Humanos e Cidadania e da Pessoa com Deficiência. Os integrantes trabalharam em duplas avaliando as iniciativas inscritas e selecionaram 55 iniciativas de inclusão da diversidade, posicionamento de marca e investimento social privado, sendo 34 projetos de empresas privadas, 16 de entidades do terceiro setor e 5 de órgãos públicos. Após a conclusão do processo seletivo, realizou-se evento de premiação com os representantes destas organizações e o primeiro workshop da Rede de Acompanhamento. Nesta ocasião, os participantes puderam se conhecer, apresentar seus projetos e estabelecer suas expectativas para os encontros da Rede em 2019.
julho/2018

A meta 22 - Alcançar 150 empresas que façam a adesão voluntária ao selo municipal de princípios de direitos humanos e diversidade na cidade de São Paulo – é composta pelo projeto 32 – Selo de Direitos Humanos e Diversidade. O Selo é uma uma política de reconhecimento de boas práticas de inclusão e promoção de direitos humanos e da diversidade em organizações. O objetivo do Selo é incentivar a adoção de políticas de inclusão por meio do reconhecimento e da difusão de práticas inovadoras e da formação de uma rede de acompanhamento das organizações reconhecidas pelo Selo. O projeto possui, portanto, dois eixos centrais: o concurso de boas práticas e a rede de acompanhamento das empresas reconhecidas. Este desenho foi elaborado ao longo de 2017 e a primeira edição do Selo foi lançada em junho de 2018, atualmente encontrando-se no período de inscrições com o cronograma prevendo a premiação das 50 melhores práticas de inclusão em organizações em outubro

janeiro/2018
A Meta 22 – Alcançar 150 empresas que façam a adesão voluntária ao selo municipal de princípios de direitos humanos e diversidade na cidade de São Paulo – é composta pelo projeto 32 – Selo de Direitos Humanos e Diversidade. O Selo é uma política de reconhecimento de boas práticas de empresas em matéria de políticas inclusivas e promoção de diversidade. Seu objetivo é promover, de forma integral, a inclusão efetiva de pessoas em situação de vulnerabilidade no setor privado, contemplando distintas dimensões das empresas, tais como: porta de entrada, políticas internas, cadeia produtiva e promoção pública da diversidade. As empresas cujas práticas serão reconhecidas pelo Selo farão parte de uma rede, visando à troca de experiências e à aproximação com programas, políticas e equipamentos da Prefeitura de São Paulo.