META
12
Secretaria Municipal de Educação
Expandir em 30% (85,5 mil) as matrículas em creche na Rede Municipal de Ensino

Regionalização


Prog. de Governo

Número ODS

Projetos Associados:

Execução da Meta



Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem - 2017-2018 2019-2020
Valores acumulados 284217 5268 26059 36378 - 65500 85500
Valores por período 5268 20791 10319 -

Status da Meta: Em andamento

Último dado disponível: junho/2018
Última atualização: julho/2018

2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
2017-2020
1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem 1° Sem 2° Sem
Aricanduva -338 249 124 35 - 952
Butantã 29 992 542 1563 - 3041
Campo Limpo 254 2797 599 3650 - 10820
Capela do Socorro 1229 1689 874 3792 - 6602
Casa Verde 105 1515 487 2107 - 2428
Cidade Ademar 289 1776 915 2980 - 7961
Cidade Tiradentes -32 160 34 162 - 352
Ermelino Matarazzo 248 366 113 727 - 1155
Freguesia/Brasilândia 155 963 385 1503 - 2024
Guaianases 39 248 -135 152 - 593
Ipiranga -9 1451 845 2287 - 3034
Itaim Paulista 612 143 -349 406 - 1795
Itaquera 188 186 1206 1580 - 3259
Jabaquara 56 342 244 642 - 1964
Jaçanã/Tremembé 427 1099 361 1887 - 3743
Lapa 83 70 -115 38 - 1011
M'Boi Mirim 704 2279 1211 4194 - 10169
Mooca -105 123 525 543 - 1462
Parelheiros 521 186 201 908 - 1729
Penha 146 463 502 1111 - 2276
Perus -91 41 248 198 - 339
Pinheiros 30 8 -52 -14 - 443
Pirituba/Jaraguá -211 228 454 471 - 1370
Santana/Tucuruvi 24 65 -223 -134 - 1188
Santo Amaro 248 256 32 536 - 1318
São Mateus 426 841 716 1983 - 5749
São Miguel Paulista 609 47 -139 517 - 2494
Sapopemba -300 512 -144 68 - 2490
-15 161 502 648 - 1200
Vila Maria/Vila Guilherme -34 1164 284 1414 - 2083
Vila Mariana 30 55 -17 68 - 836
Vila Prudente -49 316 69 336 - 520
A definir -

Último dado disponível: junho/2018
Última atualização: julho/2018

  • Ficha TécnicaVer detalhes

    Ponto de partida

    Valor base
    284.217 matrículas

    Período base
    2016

    Variação 2013-2016
    31% (67.309)

    Projeção da meta

    2017-2018
    23% (65.500);
    +23% (+65.500) no biênio

    2019-2020
    30% (85.500);
    +7% (+20.645) no biênio

    Informações do indicador

    Descrição do indicador
    1) Número de novas matrículas garantidas;
    2) Percentual de ampliação em relação ao número de matrículas garantidas em 31/12/2016.

    Fórmula de cálculo
    1) Número total de matrículas públicas em 31 de dezembro do ano referência - Número total de matrículas públicas em 31 de dezembro de 2016;
    2) (Número total de matrículas públicas em 31 de dezembro do ano referência - Número total de matrículas públicas em 31 de dezembro de 2016) / Número total de matrículas públicas em 31 de dezembro de 2016

    Notas técnicas

    O valor base refere-se ao total de matrículas públicas garantidas em 31/12/2016. A matrícula garantida se dá pela soma das matrículas efetivas e das matrículas em processo.

    Unidade de medida
    1) Unidade; 2) Percentual;

    Frequência
    Trimestral

    Fonte
    Secretaria Municipal de Educação – Centro de Informações Educacionais

Informações Adicionais
julho/2018

A expansão de vagas em creche é prioridade da atual gestão: ao longo dos 18 primeiros meses de gestão – de janeiro de 2017 a junho de 2018 – foram garantidas 36.378 novas matrículas em creche, cumprindo 42% da meta prevista para 2020 (85,5 mil novas matrículas). Em junho de 2018, o número de crianças atendidas em creche pela rede municipal de São Paulo ultrapassou 320 mil. Assim como em 2017, a expansão das matrículas manteve-se concentrada nas regiões de maior vulnerabilidade social do município e naquelas em que havia um maior número de crianças ainda não atendidas na fila da demanda em dezembro de 2016.

janeiro/2018
A expansão de vagas em creche é prioridade da atual gestão, que em 2017 garantiu 26.059 novas matrículas, cumprindo próximo de 1/3 da meta prevista para 2020 (85,5 mil novas matrículas). Com isso, o número de crianças atendidas em creche, pela rede municipal de São Paulo, ultrapassou a marca de 310 mil e a demanda cadastrada foi a menor desde o início do registro, em 2007. A redução da fila – em 32% em relação a 2016 – também foi a maior registrada desde então.
A expansão das matrículas se deu nas regiões com maior vulnerabilidade social do município e naquelas em que havia um maior número de crianças ainda não atendidas na fila da demanda em dezembro de 2016.