META
6
Segurança urbana
Contribuir para a redução dos crimes de oportunidade em 10% na cidade de São Paulo.

Valor base
429.006 - média anual de furtos e roubos no período considerado

Período base
2013 a 2016

PROJETOS ASSOCIADOS
Sugerir projeto
A seguir há uma lista de projetos. Clique no cabeçalho para exibir seu conteúdo, clique novamente para fechar seu conteúdo.
  • Resultados esperados
    Aumento geral da segurança a partir da racionalização do uso dos recursos (humanos, materiais, informacionais, financeiros) da Prefeitura em segurança urbana.

    Justificativa
    Atualmente, os órgãos municipais de segurança enfrentam restrições organizacionais que não permitem a plena racionalização do processo de planejamento e emprego de seus recursos. O uso mais intensivo de ferramentas de inteligência na organização da segurança urbana pode ter impacto significativo sobre a evolução da segurança na cidade.

    Garantir a participação de membros das inspetorias regionais da GCM em pelo menos um CONSEG de sua jurisdição.

    Promover a Integração com a Polícia estadual

    Integrar 10.000 câmeras de videomonitoramento na cidade (city cameras), de forma a expandir o monitoramento de segurança urbana.

    Implantar plataforma integrada, acessível e transparente de informações de segurança urbana, buscando integrar bancos de dados, canais de comunicação e sistemas de informação de agências de segurança das três esferas de governo atuantes no município.

    Implantar um sistema inteligente de suporte à decisão em segurança urbana - "CompStat Paulistano".

    Capacitar todos agentes de segurança urbana para o uso do sistema "Compstat Paulistano"

    Implantar o Centro de Operações Integradas (COI)

  • Resultados esperados
    Recomposição do efetivo da Guarda Civil Metropolitana e uso dos recursos disponíveis em todo o seu potencial para contribuir com a segurança da cidade.

    Justificativa
    Atualmente, a Guarda Civil Metropolitana enfrenta graves restrições de efetivo, tanto em termos quantitativos quanto em relação à racionalização de sua distribuição. A ampliação do efetivo é urgente e necessária e, de forma complementar, a utilização de ferramentas de planejamento e gestão na distribuição do efetivo atual pode ter impacto significativo sobre a evolução da segurança na cidade.

    Contratar 1.500 novos agentes de segurança até 2020

    Otimizar a distribuição de atividade complementar nos dias de folga dos agentes da Guarda Civil Metropolitana de acordo com a demanda por ações de segurança

    Aumentar a relação entre o efetivo na rua e o alocado em funções administrativas.

    Capacitar 500 guardas em situação de afastamento para o exercício de funções administrativas

    Evitar os casos de afastamento de agentes da GCM por razões médicas e psicológicas