• Ficha TécnicaVer detalhes

    Nome descritivo

    Redução em 5% (7 óbitos prematuros em 100.000 residentes) a taxa de mortalidade precoce por Doenças Crônicas Não Transmissíveis selecionadas, contribuindo para o aumento da expectativa de vida saudável.

    Situação encontrada

    A prevenção das Doenças Crônicas Não Transmissíveis - DCNT é foco de preocupação nos países desenvolvidos e em desenvolvimento. Associadas a altos índices de mortalidade, respondem por significativos impactos em termos de piora da qualidade de vida, produtividade e funcionalidade das pessoas. Caracterizam-se por apresentarem poucos sintomas e são marcadas por altos índices de “não seguimento periódico de cuidados com a saúde”. Geralmente associadas a hábitos de vida pouco saudáveis (tabagismo, inatividade física, alimentação não saudável, uso abusivo de álcool e obesidade), podem evoluir com complicações usualmente a partir dos 40 anos. O enfrentamento das doenças crônicas deve buscar o desenvolvimento de políticas públicas que fortaleçam as ações de promoção da saúde, assim como o cuidado às pessoas já diagnosticadas, impedindo ou retardando a instalação de complicações. É considerada precoce a morte por doenças crônicas na faixa etária de 30-69 anos (fonte: Organização Mundial da Saúde). Foram selecionadas doenças crônicas não transmissíveis: isquêmicas do coração, cerebrovasculares, hipertensão arterial, diabetes, pulmonares obstrutivas e insuficiência cardíaca.

    Resultados esperados

    Aumento da expectativa de vida saudável, com mais qualidade, por maior período de tempo, e possibilidade de uma vida mais ativa e participativa.

    Orçamento

    Recursos próprios Outros recursos
    Investimento R$ 25,7 milhões R$ 0,0 milhões
    Custeio R$ 122,2 milhões R$ 1,08 milhões
  • Execução OrçamentáriaVer detalhes
    2017 2018
    Recursos próprios Outros recursos Total Recursos próprios Outros recursos Total
    Investimento R$ 0,00 milhões R$ 0,00 milhões R$ 0,00 milhões R$ 0,07 milhões R$ 0,05 milhões R$ 0,12 milhões
    Custeio R$ 9,76 milhões R$ 0,02 milhões R$ 9,78 milhões R$ 0,11 milhões R$ 0,17 milhões R$ 0,28 milhões
    Total R$ 9,76 milhões R$ 0,02 milhões R$ 9,78 milhões R$ 0,18 milhões R$ 0,22 milhões R$ 0,41 milhões

    Para informações sobre os critérios para apuração da execução orçamentária, clique aqui.

    Informações Adicionais

    março/2019
    Em 2018, no âmbito do Projeto Viver Mais e Melhor, foram gastos recursos de custeio para a capacitação de profissionais, com foco na prevenção de DCNTs. Nesta linha de ação teve especial relevância a Escola Municipal de Saúde, que viabilizou as capacitações na Rede. Também foram aplicados recursos para ampliação do fornecimento de Órteses, Próteses e Meios auxiliares de locomoção - OPMs nos serviços de reabilitação. Os valores com aquisição de OPMs em 2018 foram revisados de modo a englobar, diferentemente de 2017, apenas as despesas relacionadas aos serviços de reabilitação, o que aparenta ser uma redução, mas trata-se na realidade de um ajuste metodológico para um monitoramento mais aderente à meta proposta. Ademais, foram considerados os dispêndios de recursos com a requalificação de 5 Centros de Reabilitação (CER).

    julho/2018

    No âmbito do Projeto Viver Mais e Melhor, no ano de 2017, foram gastos recursos de custeio para a capacitação de profissionais, com foco especial no envelhecimento. Houve, ainda, dispêndio de recursos para ampliação do fornecimento de Órteses Próteses e Meios auxiliares de locomoção - OPM nos serviços de reabilitação.

Linhas de Ação
  • 2.1 Fortalecer as ações de rastreamento e implantar o monitoramentoda abordagem mínima e básica do Programa decombate ao Tabagismo nas unidades de saúde, garantindo-as em 100% das Unidades Básicas de Saúde (452 UBS).

    Regionalização
    Regionalizado

    Descrição do Indicador
    Percentual de UBS com monitoramento da abordagem mínima e básica do Programa Nacional de Controle do Tabagismo

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Desempenho do Indicador Não aplicável 76.0% 76.0% - 100% (452)
    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação

    Esclarece-se que são contabilizadas as UBS cadastradas no Programa Nacional de Combate ao Tabagismo, pois entende-se que todas as unidades cadastradas realizam o monitoramento da abordagem mínima e básica. Adicionalmente semestralmente estão sendo capacitados profissionais das UBS para expandir a abrangência do Programa.

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

    2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 78.0% 78.0% - 9 (100%)
    Butantã 93.0% 100.0% - 14 (100%)
    Campo Limpo 93.0% 93.0% - 28 (100%)
    Capela do Socorro 81.0% 90.0% - 21 (100%)
    Casa Verde 77.0% 69.0% - 13 (100%)
    Cidade Ademar 57.0% 48.0% - 21 (100%)
    Cidade Tiradentes 100.0% 100.0% - 12 (100%)
    Ermelino Matarazzo 100.0% 100.0% - 11 (100%)
    Freguesia/Brasilândia 41.0% 65.0% - 17 (100%)
    Guaianases 92.0% 100.0% - 13 (100%)
    Ipiranga 61.0% 56.0% - 18 (100%)
    Itaim Paulista 80.0% 100.0% - 15 (100%)
    Itaquera 91.0% 61.0% - 23 (100%)
    Jabaquara 89.0% 78.0% - 9 (100%)
    Jaçanã/Tremembé 73.0% 18.0% - 11 (100%)
    Lapa 89.0% 89.0% - 9 (100%)
    M'Boi Mirim 97.0% 94.0% - 31 (100%)
    Mooca 50.0% 50.0% - 8 (100%)
    Parelheiros 61.0% 44.0% - 18 (100%)
    Penha 81.0% 90.0% - 21 (100%)
    Perus 29.0% 86.0% - 7 (100%)
    Pinheiros 80.0% 80.0% - 5 (100%)
    Pirituba/Jaraguá 25.0% 25.0% - 20 (100%)
    Santana/Tucuruvi 38.0% 38.0% - 8 (100%)
    Santo Amaro 60.0% 60.0% - 5 (100%)
    São Mateus 68.0% 77.0% - 22 (100%)
    São Miguel Paulista 73.0% 100.0% - 15 (100%)
    Sapopemba 93.0% 80.0% - 15 (100%)
    88.0% 88.0% - 8 (100%)
    Vila Maria/Vila Guilherme 85.0% 100.0% - 13 (100%)
    Vila Mariana 100.0% 25.0% - 4 (100%)
    Vila Prudente 75.0% 63.0% - 8 (100%)
    A definir -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.2 Aumentar para 95% o número de Unidades Básicas de Saúde (430 UBS) que oferecem Práticas Integrativas e Complementares (PIC) em Saúde para o combate da inatividade física, na perspectiva da constituição das Redes de Atenção à Saúde (RAS)

    Regionalização
    Regionalizável

    Descrição do Indicador
    Percentual de UBS que oferecem Práticas Integrativas e Complementares (PIC) em Saúde

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Desempenho do Indicador 69% 60.9% 70.6% 46.0% 72.0% - 95% (430)
    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação

    Segundo o acompanhamento da área técnica, o Município de São Paulo disponibilizou, em 2018, Práticas Integrativas e Complementares em saúde em 454 UBS, o que implica em 97% do total de unidades. Tal diferença existe em função da subnotificação das práticas realizadas no município, sendo que parte não é contabilizada.

    Último dado disponível: novembro/2018
    Última atualização: março/2019

    2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 66.7% 71.4% 33.3% 55.6% -
    Butantã 57.1% 78.6% 50.0% 66.7% -
    Campo Limpo 71.4% 68.2% 53.6% 75.0% -
    Capela do Socorro 61.9% 92.3% 40.9% 81.8% -
    Casa Verde 53.8% 47.6% 30.8% 76.9% -
    Cidade Ademar 42.9% 75.0% 42.9% 61.9% -
    Cidade Tiradentes 66.7% 83.3% 75.0% 92.3% -
    Ermelino Matarazzo 66.7% 82.4% 58.3% 83.3% -
    Freguesia/Brasilândia 58.8% 84.6% 59.2% 72.2% -
    Guaianases 76.9% 83.3% 84.6% 84.6% -
    Ipiranga 83.3% 73.3% 66.7% 78.9% -
    Itaim Paulista 66.7% 52.2% 73.3% 87.5% -
    Itaquera 43.5% 77.8% 39.1% 52.2% -
    Jabaquara 44.4% 81.8% 66.7% 66.7% -
    Jaçanã/Tremembé 44.4% 22.2% 45.5% 72.7% -
    Lapa 55.6% 96.7% 66.7% 88.9% -
    M'Boi Mirim 90.3% 50.0% 73.3% 93.3% -
    Mooca 25.0% 70.6% 50.0% 50.0% -
    Parelheiros 60.9% 44.4% 27.8% 55.6% -
    Penha 27.8% 61.9% 57.1% 72.2% -
    Perus 57.1% 85.7% 14.3% 42.9% -
    Pinheiros 57.1% 120.0% 80.0% 100.0% -
    Pirituba/Jaraguá 80.0% 80.0% 35.0% 75.0% -
    Santana/Tucuruvi 60.0% 75.0% 25.0% 72.5% -
    Santo Amaro 62.5% 40.0% 20.0% 40.0% -
    São Mateus 63.6% 81.0% 50.0% 72.7% -
    São Miguel Paulista 66.7% 73.3% 53.3% 56.3% -
    Sapopemba 60.0% 66.7% 53.3% 62.5% -
    53.3% 87.5% 62.5% 87.5% -
    Vila Maria/Vila Guilherme 87.5% 46.2% 23.1% 61.5% -
    Vila Mariana 30.8% 25.0% 25.0% 25.0% -
    Vila Prudente 50.0% 62.5% 25.0% 50.0% -
    A definir -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.3 Ampliar o desenvolvimento de ações individuais e coletivas de promoção da alimentação saudável para a garantia da segurança alimentar e nutricional da população.

    Regionalização
    Regionalizado

    Descrição do Indicador
    Nº de novos nutricionistas contratados

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 139 0 19 - 67
    Valores por perí­odo - 0 19 -
    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação

    Há previsão de contratação de nutricionistas para ampliar ações individuais e coletivas de promoção da alimentação saudável, preveção e cuidado na atenção nutricional, mas as contratações ainda não se efetivaram. Entretanto, a secretaria vem discutindo tal cenário junto a àrea de recursos humanos e espera iniciar as contratações em um futuro próximo.

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

    2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 0 0 0 - 0
    Butantã 0 1 1 - 2
    Campo Limpo 0 -1 -1 - 0
    Capela do Socorro 0 2 2 - 2
    Casa Verde 0 2 2 - 2
    Cidade Ademar 0 1 1 - 1
    Cidade Tiradentes 0 -1 -1 - 2
    Ermelino Matarazzo 0 0 0 - 5
    Freguesia/Brasilândia 0 1 1 - 4
    Guaianases 0 -1 -1 - 6
    Ipiranga 0 -3 -3 - 3
    Itaim Paulista 0 1 1 - 2
    Itaquera 0 -2 -2 - 4
    Jabaquara 0 1 1 - 1
    Jaçanã/Tremembé 0 3 3 - 0
    Lapa 0 0 0 - 3
    M'Boi Mirim 0 1 1 - 1
    Mooca 0 -3 -3 - 0
    Parelheiros 0 2 2 - 0
    Penha 0 3 3 - 0
    Perus 0 1 1 - 1
    Pinheiros 0 0 0 - 1
    Pirituba/Jaraguá 0 -1 -1 - 2
    Santana/Tucuruvi 0 -1 -1 - 3
    Santo Amaro 0 0 0 - 1
    São Mateus 0 0 0 - 5
    São Miguel Paulista 0 6 6 - 5
    Sapopemba 0 3 3 - 3
    0 4 4 - 4
    Vila Maria/Vila Guilherme 0 1 1 - 3
    Vila Mariana 0 0 0 - 0
    Vila Prudente 0 -1 -1 - 1
    A definir -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.4 Elaborar e implantar nas 6 Coordenadorias Regionais de Saúde o plano de ação para o rastreamento dos fatores de risco para DCNT (dislipidemia, hipertensão arterial, diabetes tipo II,uso de álcool, obesidade).

    Regionalização
    Regionalizado Igualmente

    Descrição do Indicador
    Nº de Coordenadorias Regionais de Saúde com Plano de Rastreamento das DCNT implantado

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados Não aplicável 0 6 - 6
    Valores por perí­odo - 0 6 -
    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação

    Ações de rastreamento dos fatores de risco para DCNT estão sendo executadas nas 6 Coordenadorias Regionais de Saúde.

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

    2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 0 1 1 - x
    Butantã 0 1 1 - x
    Campo Limpo 0 1 1 - x
    Capela do Socorro 0 1 1 - x
    Casa Verde 0 1 1 - x
    Cidade Ademar 0 1 1 - x
    Cidade Tiradentes 0 1 1 - x
    Ermelino Matarazzo 0 1 1 - x
    Freguesia/Brasilândia 0 1 1 - x
    Guaianases 0 1 1 - x
    Ipiranga 0 1 1 - x
    Itaim Paulista 0 1 1 - x
    Itaquera 0 1 1 - x
    Jabaquara 0 1 1 - x
    Jaçanã/Tremembé 0 1 1 - x
    Lapa 0 1 1 - x
    M'Boi Mirim 0 1 1 - x
    Mooca 0 1 1 - x
    Parelheiros 0 1 1 - x
    Penha 0 1 1 - x
    Perus 0 1 1 -
    Pinheiros 0 1 1 - x
    Pirituba/Jaraguá 0 1 1 - x
    Santana/Tucuruvi 0 1 1 - x
    Santo Amaro 0 1 1 - x
    São Mateus 0 1 1 - x
    São Miguel Paulista 0 1 1 - x
    Sapopemba 0 1 1 - x
    0 1 1 - x
    Vila Maria/Vila Guilherme 0 1 1 - x
    Vila Mariana 0 1 1 - x
    Vila Prudente 0 1 1 - x
    A definir -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.5 Elaborar e implantar, junto às 6 Coordenadorias Regionais de Saúde, a Política Municipal de Atenção Integral à Saúde do Homem.

    Regionalização
    Regionalizado Igualmente

    Descrição do Indicador
    Nº de Coordenadorias Regionais de Saúde com a Política Municipal de Atenção Integral à Saúde do Homem implantada

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados Não aplicável 6 - 6
    Valores por perí­odo - 6 -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

    2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 1 1 - x
    Butantã 1 1 - x
    Campo Limpo 1 1 - x
    Capela do Socorro 1 1 - x
    Casa Verde 1 1 - x
    Cidade Ademar 1 1 - x
    Cidade Tiradentes 1 1 - x
    Ermelino Matarazzo 1 1 - x
    Freguesia/Brasilândia 1 1 - x
    Guaianases 1 1 - x
    Ipiranga 1 1 - x
    Itaim Paulista 1 1 - x
    Itaquera 1 1 - x
    Jabaquara 1 1 - x
    Jaçanã/Tremembé 1 1 - x
    Lapa 1 1 - x
    M'Boi Mirim 1 1 - x
    Mooca 1 1 - x
    Parelheiros 1 1 - x
    Penha 1 1 - x
    Perus 1 1 -
    Pinheiros 1 1 - x
    Pirituba/Jaraguá 1 1 - x
    Santana/Tucuruvi 1 1 - x
    Santo Amaro 1 1 - x
    São Mateus 1 1 - x
    São Miguel Paulista 1 1 - x
    Sapopemba 1 1 - x
    1 1 - x
    Vila Maria/Vila Guilherme 1 1 - x
    Vila Mariana 1 1 - x
    Vila Prudente 1 1 - x
    A definir -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.6 Fortalecer a capacidade de resposta da Atenção Básica no enfrentamento das DCNT por meio de ações de educação permanente junto às Coordenadorias Regionais de Saúde, com objetivo de Enfrentamento das DCNT.

    Regionalização
    Regionalizado Igualmente

    Descrição do Indicador
    Nº de capacitações realizadas para enfrentamento das DCNT

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados Não aplicável 8 8 - 6
    Valores por perí­odo - 8 0 -
    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação

    As capacitações sobre o enfrentamento das DCNTs estão sendo executadas por meio da articulação com PICS, nutrição, equipes de NASF, tabagismo e COVISA.

    Execução Orçamentária
    2017 2018 2019 2020 Total
    R$ 20.688,00 R$ 61.620,00 R$ 82.308,00

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

    2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 0 0 0 - x
    Butantã 0 0 0 - x
    Campo Limpo 0 0 0 - x
    Capela do Socorro 0 0 0 - x
    Casa Verde 0 0 0 - x
    Cidade Ademar 0 0 0 - x
    Cidade Tiradentes 0 0 0 - x
    Ermelino Matarazzo 0 0 0 - x
    Freguesia/Brasilândia 0 0 0 - x
    Guaianases 0 0 0 - x
    Ipiranga 0 0 0 - x
    Itaim Paulista 0 0 0 - x
    Itaquera 8 8 8 - x
    Jabaquara 0 0 0 - x
    Jaçanã/Tremembé 0 0 0 - x
    Lapa 0 0 0 - x
    M'Boi Mirim 0 0 0 - x
    Mooca 0 0 0 - x
    Parelheiros 0 0 0 - x
    Penha 0 0 0 - x
    Perus 0 0 0 -
    Pinheiros 0 0 0 - x
    Pirituba/Jaraguá 0 0 0 - x
    Santana/Tucuruvi 0 0 0 - x
    Santo Amaro 0 0 0 - x
    São Mateus 0 0 0 - x
    São Miguel Paulista 0 0 0 - x
    Sapopemba 0 0 0 - x
    0 0 0 - x
    Vila Maria/Vila Guilherme 0 0 0 - x
    Vila Mariana 0 0 0 - x
    Vila Prudente 0 0 0 - x
    A definir -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.7 Diminuir a mortalidade por insuficiência cardíaca descompensada nas unidades de emergência em 40%.

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Proporção de óbitos nas internações por ICC e seus agravos nos estabelecimentos de gestão municipal

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Desempenho do Indicador 17.0% 16.3% 16.0% 14.0% 19.0% - 10.0%

    Último dado disponível: novembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.8 Diminuir a mortalidade por Acidente Vascular Encefálico (AVE) para 10% nas unidades de emergência.

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Proporção de óbitos nas internações por AVE nos estabelecimentos de gestão municipal

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Desempenho do Indicador 18.0% 14.1% 14.5% 16.0% 10.0% - 10.0%

    Último dado disponível: novembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.9 Diminuir a mortalidade por Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) para 8% nas unidades de emergência

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Proporção de óbitos nas internações por IAM nos estabelecimentos de gestão municipal

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Desempenho do Indicador 11.0% 9.4% 10.7% 11.0% 13.0% - 8.0%

    Último dado disponível: novembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.10 Implantar 5 Centros Especializados de Reabilitação (CER) na perspectiva da constituição das Redes de Atenção à Saúde (RAS).

    Regionalização
    Regionalizado

    Descrição do Indicador
    Nº de novos de centros de reabilitação implantados

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 2 0 - 5
    Valores por perí­odo - 0 -
    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação

    O projeto de implantação de novos Centros Especializados de Reabilitação depende estruturalmente de repasses de recursos federais para esse fim. Nos últimos anos o Governo Federal não realizou o repasse de tais recursos, o que tem comprometido a execução da linha de ação. A Secretaria Municipal de Saúde está buscando outras formas de financiamento da iniciativa.

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

    2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 0 - 1
    Butantã 0 - 0
    Campo Limpo 0 - 0
    Capela do Socorro 0 - 1
    Casa Verde 0 - 0
    Cidade Ademar 0 - 0
    Cidade Tiradentes 0 - 0
    Ermelino Matarazzo 0 - 0
    Freguesia/Brasilândia 0 - 0
    Guaianases 0 - 0
    Ipiranga 0 - 0
    Itaim Paulista 0 - 0
    Itaquera 0 - 1
    Jabaquara 0 - 0
    Jaçanã/Tremembé 0 - 0
    Lapa 0 - 0
    M'Boi Mirim 0 - 0
    Mooca 0 - 0
    Parelheiros 0 - 0
    Penha 0 - 1
    Perus 0 - 0
    Pinheiros 0 - 0
    Pirituba/Jaraguá 0 - 1
    Santana/Tucuruvi 0 - 0
    Santo Amaro 0 - 0
    São Mateus 0 - 0
    São Miguel Paulista 0 - 0
    Sapopemba 0 - 0
    0 - 0
    Vila Maria/Vila Guilherme 0 - 0
    Vila Mariana 0 - 0
    Vila Prudente 0 - 0
    A definir -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.11 Revitalizar 25 Serviços de Reabilitação já existentes, garantindo melhorias na acessibilidade e segurança do paciente, de forma a habilitá-los e/ou mantê-los como Centros Especializados de Reabilitação (CER).

    Regionalização
    Regionalizado

    Descrição do Indicador
    Nº de serviços de reabilitação revitalizados

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 3 5 - 25
    Valores por perí­odo - 5 -
    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação

    Em 2018 5 CER-Centros de Reabilitação foram revitalizados: CER Santa Cecília, CER Parelheiros, CER Santo Amaro, CER Penha e CER Cidade Ademar.

    Execução Orçamentária
    2017 2018 2019 2020 Total
    R$ 0,00 R$ 120.906,00 R$ 120.906,00

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

    2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva 0 0 - 1
    Butantã 0 0 - 1
    Campo Limpo 0 0 - 1
    Capela do Socorro 0 0 - 0
    Casa Verde 0 0 - 0
    Cidade Ademar 1 1 - 0
    Cidade Tiradentes 0 0 - 1
    Ermelino Matarazzo 0 0 - 0
    Freguesia/Brasilândia 0 0 - 2
    Guaianases 0 0 - 1
    Ipiranga 0 0 - 1
    Itaim Paulista 0 0 - 1
    Itaquera 0 0 - 1
    Jabaquara 0 0 - 0
    Jaçanã/Tremembé 0 0 - 1
    Lapa 0 0 - 1
    M'Boi Mirim 0 0 - 1
    Mooca 0 0 - 0
    Parelheiros 1 1 - 1
    Penha 1 1 - 1
    Perus 0 0 - 1
    Pinheiros 0 0 - 0
    Pirituba/Jaraguá 0 0 - 0
    Santana/Tucuruvi 0 0 - 1
    Santo Amaro 1 1 - 2
    São Mateus 0 0 - 1
    São Miguel Paulista 0 0 - 0
    Sapopemba 0 0 - 1
    1 1 - 1
    Vila Maria/Vila Guilherme 0 0 - 1
    Vila Mariana 0 0 - 1
    Vila Prudente 0 0 - 1
    A definir -

    Último dado disponível: dezembro/2018
    Última atualização: março/2019

  • 2.12 Ampliar em 15% (5.059) o fornecimento de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção (OPM) nos serviços de reabilitação, garantindo o cumprimento de critérios técnicos e éticos para contratação de empresas fornecedoras.

    Regionalização
    Suprarregional

    Descrição do Indicador
    Nº de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção (OPM) fornecidos nos serviços de reabilitação no ano / Nº OPM fornecidas em 2016

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 33723 18211 44266 (+31,26%) 16559 50661 - 38782 (+15%)
    Valores por perí­odo - 18211 26055 16559 23725 -
    Execução Orçamentária
    2017 2018 2019 2020 Total
    R$ 9.762.867,00 R$ 223.065,00 R$ 9.985.932,00

    Último dado disponível: novembro/2018
    Última atualização: março/2019

Informações Adicionais
março/2019
No segundo semestre de 2018, o Projeto Viver Mais e Melhor continuou buscando o aumento da qualidade de expectativa de vida saudável. Para tal, o número de UBS com abordagem mínima e básica do Programa de combate ao Tabagismo foi de 76% (344 unidades). Novas capacitações foram realizadas, fortalecendo a capacidade de resposta da Atenção Básica frente às DCNT - Doenças Crônicas Não Transmissíveis, principalmente nos temas de saúde nutricional, prevenção ao tabagismo, Práticas Integrativas e Complementares em Saúde - PICS e do "Projeto Infarto" para redução da mortalidade por Infarto Agudo do Miocárdio - IAM. Além disso, o fornecimento de OPM - Órteses, Próteses e Meios Auxiliares de Locomoção foi expandido, superando a meta prevista para o período.
julho/2018
No primeiro semestre de 2018, o Projeto Viver Mais e Melhor, continuou buscando o aumento da qualidade de expectativa de vida saudável. Para tal, o número de UBS com abordagem mínima e básica do Programa de combate ao Tabagismo foi ampliado, chegando à 76% (344 unidades). Novas capacitações foram realizadas, fortalecendo a capacidade de resposta da Atenção Básica frente às DCNT - Doenças Crônicas Não Transmissíveis, principalmente nos temas de saúde nutricional, prevenção ao tabagismo, Práticas Integrativas e Complementares em Saúde - PICS e do "Projeto Infarto" para redução da mortalidade por Infarto Agudo do Miocárdio - IAM. Todas realizadas, apesar da falta de repasse de recursos federais para Educação Permanente. Além disso, o fornecimento de OPM - Órteses, Próteses e Meios Auxiliares de Locomoção foi expandido, superando a meta prevista para o período. Entre janeiro e abril de 2018 foram fornecidas mais de 16.559 OPM, valor que supera o esperado.
janeiro/2018
Em 2017 a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo investiu na capacitação dos profissionais para que atuem na melhora da qualidade de vida da população. A Coordenação Municipal do Programa de Controle do Tabagismo realizou curso para 429 profissionais da Atenção Básica na abordagem do Programa. A Área Técnica de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde - PICS realizou curso para 400 profissionais em auriculoterapia e 200 profisionais em práticas corporais meditativas, visando a capacitação de instrutores nestas práticas.
Para 2018, há previsão de cursos de Tai Chi Pai Lin, Meditação, Ioga, Dança Circular, Xiang Gong e Craniopuntura de Yamamoto em diversas unidades do município.
Ainda sobre a melhora da qualidade de vida da população, vale frisar que de janeiro a outubro foram fornecidas 35.542 Órteses Próteses e Meios auxiliares de locomoção - OPM nos serviços de reabilitação, o que representa 5% dos 15% que a Secretaria se comprometeu até 2020.