• Ficha TécnicaVer detalhes

    Nome descritivo

    Redução do tempo médio de espera para exames prioritários para 30 dias

    Situação encontrada

    A fila de espera para realização de determinados exames diagnósticos ultrapassava 12 meses e o tempo médio de espera por exames prioritários foi de 72 dias em 2016, ou seja, mais de dois meses. Os exames diagnósticos de imagem fazem-se necessários para continuidade do cuidado e para a realização de cirurgias, assim, apesar de o Corujão da Saúde ter reduzido as filas de espera por exames, faz-se necessário um trabalho de manutenção do tempo médio de espera para exames prioritários.

    Resultados esperados

    Maior celeridade na realização de exames prioritários (Ecocardiograma, Endoscopia, Mamografia, Raio-X, Ressonância Magnética, Teste Ergométrico, Tomografia e Ultrassonografia), garantindo que o tempo médio de espera não ultrapasse 30 dias. Reorganização da rede para que o prazo para a marcação de exames seja adequado às necessidades de saúde dos munícipes garantindo a continuidade do cuidado em tempo oportuno.

    Orçamento

    Recursos próprios Outros recursos
    Investimento R$ 6,4 milhões R$ 0,0 milhões
    Custeio R$ 76,6 milhões R$ 0,0 milhões
Linhas de Ação
  • 6.1 Desenvolver e aplicar protocolos de acesso a exames prioritários, incluindo indicações clínicas e profissionais solicitantes, definidos com base no nível de atenção e na hipótese diagnóstica, na perspectiva da constituição das Redes de Atenção à Saúde (RAS).

    Regionalização
    Supraregional

    Descrição do Indicador
    Nº de protocolos de acesso a exames prioritários revisados publicados

    Status
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados Não aplicável 46 - 60
    Valores por perí­odo 0 46 -

    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação


    Último dado disponível: dezembro/2017
    Última atualização: abril/2018


  • 6.2 Realizar educação permanente na modalidade de Educação a distância - EAD para os profissionais solicitantes e reguladores de 100% das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e dos Ambulatórios de Especialidades (AE) para aplicação dos protocolos de encaminhamentos e solicitação de exames prioritários, na perspectiva da constituição das Redes de Atenção à Saúde (RAS).

    Regionalização
    Regionalizado

    Descrição do Indicador
    Percentual de UBS e AE com médicos capacitados

    Status
    Primeiro resultado previsto para 2º Semestre de 2018

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados Não aplicável - 100% (501)
    Valores por perí­odo -

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


    2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva - 9
    Butantã - 15
    Campo Limpo - 30
    Capela do Socorro - 25
    Casa Verde - 15
    Cidade Ademar - 23
    Cidade Tiradentes - 13
    Ermelino Matarazzo - 13
    Freguesia/Brasilândia - 19
    Guaianases - 14
    Ipiranga - 20
    Itaim Paulista - 16
    Itaquera - 25
    Jabaquara - 10
    Jaçanã/Tremembé - 11
    Lapa - 10
    M'Boi Mirim - 35
    Mooca - 10
    Parelheiros - 18
    Penha - 22
    Perus -
    Pinheiros - 9
    Pirituba/Jaraguá - 5
    Santana/Tucuruvi - 22
    Santo Amaro - 9
    São Mateus - 23
    São Miguel Paulista - 16
    Sapopemba - 6
    - 16
    Vila Maria/Vila Guilherme - 11
    Vila Mariana - 16
    Vila Prudente - 5
    A definir -

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018

  • 6.3 Garantir a equipe necessária para atuar com serviços de regulação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nos Ambulatórios de Especialidades (AE), na perspectiva da constituição das Redes de Atenção à Saúde (RAS).

    Regionalização
    Regionalizado

    Descrição do Indicador
    Percentual de UBS e AE com regulação local instalada

    Status
    Primeiro resultado previsto para 1º Semestre de 2018

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados Não aplicável - 100% (501)
    Valores por perí­odo -

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018


    2017 2018 2019 2020 Valor Acumulado - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem
    Aricanduva - 9
    Butantã - 15
    Campo Limpo - 30
    Capela do Socorro - 25
    Casa Verde - 15
    Cidade Ademar - 23
    Cidade Tiradentes - 13
    Ermelino Matarazzo - 13
    Freguesia/Brasilândia - 19
    Guaianases - 14
    Ipiranga - 20
    Itaim Paulista - 16
    Itaquera - 25
    Jabaquara - 10
    Jaçanã/Tremembé - 11
    Lapa - 10
    M'Boi Mirim - 35
    Mooca - 10
    Parelheiros - 18
    Penha - 22
    Perus -
    Pinheiros - 9
    Pirituba/Jaraguá - 5
    Santana/Tucuruvi - 22
    Santo Amaro - 9
    São Mateus - 23
    São Miguel Paulista - 16
    Sapopemba - 6
    - 16
    Vila Maria/Vila Guilherme - 11
    Vila Mariana - 16
    Vila Prudente - 5
    A definir -

    Último dado disponível: -
    Última atualização: janeiro/2018

  • 6.4 Reduzir o absenteísmo - não comparecimento dos pacientes aos exames - para 20%.

    Regionalização
    Supraregional

    Descrição do Indicador
    Taxa média de absenteísmo dos pacientes em exames

    Status
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 34.0% 22.6% - 20.0%
    Valores por perí­odo 22.6% 20.0% -

    Último dado disponível: dezembro/2017
    Última atualização: janeiro/2018


  • 6.5 Manter a perda primária - não ocupação de vagas para exames disponibilizadas - abaixo de 5%.

    Regionalização
    Supraregional

    Descrição do Indicador
    Taxa média de perda primária da agenda de exames

    Status
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 4.0% 5.6% - <5%
    Valores por perí­odo 5.6% 3.8% -

    Último dado disponível: dezembro/2017
    Última atualização: janeiro/2018


  • 6.6 Ampliar a disponibilidade de vagas de exames prioritários em 10%.

    Regionalização
    Supraregional

    Descrição do Indicador
    Nº de vagas de exames disponibilizadas

    Status
    Em andamento

    Execução da linha de ação
    Valor Base 2017 2018 2019 2020 - Projeção para
    2017-2020
    1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem 1º Sem 2º Sem -
    Valores acumulados 1,71 milhões 1429726 +57,9% (2703527) -  1,88 milhões (+10%)
    Valores por perí­odo 1429726 1273801 -

    Informações adicionais sobre a execução da linha de ação

    O aumento na disponibilidade de vagas em exames prioritários representa uma ampliação de 57,9% no ano de 2017 em relação ao ano de 2016.


    Último dado disponível: dezembro/2017
    Última atualização: janeiro/2018


Informações Adicionais

janeiro/2018
Em 2017 a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo diminuiu o tempo de espera para exames prioritários de 70 para 45 dias, por meio de ações como a ampliação da disponibilidade de vagas de exames prioritários em mais 57,9% (2.703.527). Ademais, com objetivo de regular e melhorar o tempo médio de espera para exames, criamos 46 protocolos que já estão publicados e devem orientar o requerimento de exames realizado pelos profissionais de saúde da rede.